Escrito em por & arquivado em tecnologias.

Princípio do método
O método consiste em multiplicar um trecho específico do DNA (gene ou parte dele, regiões supervariáveis, Junk DNA, etc.) utilizando desoxinucleotídeos como monômeros até um ponto em que sua concentração em dada solução seja tão alta que possa ser facilmente detectável por métodos simples e clássicos de separação e identificação de substâncias.

A multiplicação destes trechos específicos se dá alternando-se a temperatura de ensaio entre: a) Desnaturação das cadeias do DNA genômico; b) anelamento (?annealinng?) dos ?primers?, usados para delimitar a seqüência a ser amplificada; c) temperatura ótima específica da enzima: 72ºC; d) reinício do ciclo.

O sistema Cobas® 4800 é um teste automatizado que tem como objetivos eliminar a dificuldade o fluxo manual, reduzir o TAT e aumentar a escala, oferecer uma plataforma para testes de ?screening? (ex.: CT/NG and HPV), performance tanto do ponto de vista analítico quanto clínico, ajustado aos algoritmos e ?guidelines? dos testes atuais.

É um teste qualitativo multiplex em um único tubo, com detecção simultânea de 12 genótipos de alto risco (31, 33, 35, 39, 45, 51, 52, 56, 58, 59, 66 e 68), identifica separadamente HPV tipos 16 e 18 e tem ß-globin como controle interno, que reduz a possibilidade de resultado falso-negativo, alertando quando a amostra não possuir células coletadas. E apresenta 4 canais de detecção para medir os diferentes alvos:

 

 

Equipamentos

equip-cobas1

cobas x 480 Instrument

–    Purificação de ácido nucléico totalmente automatizada

–    Tubos primários de múltiplos formatos

–    Leitura automática do código de barras de amostras

–    ?Batches? de 24 ou 96

–    Montagem de PCR automática

 

 

 

 

equip-cobas2

cobas z 480 Analyzer

–    Baseado na tecnologia do  LightCycler® 480

–    Microplacas de 96

–    Detecção em 4 canais

 

 

 

Coleta

A coleta do material é realizada através da descamação com escova específica, a mesma utilizada na metodologia da citologia em meio líquido Sure Path®, disponibilizada pelo Laboratório Prof. Eleutério da Costa, onde o médico fará a coleta normalmente, e destacará a ponta da escova em recipiente específico contendo o meio líquido para conservar as células. Este frasco será fechado, identificado e enviado ao Laboratório. A amostra coletada pode permanecer 1 mês em temperatura ambiente e 6 meses refrigerado (2-8ºC).

 

 

 

Imunohistoquímica

A imunohistoquímica é um método de análise molecular dos tecidos, observado ao microscópio, que tem como objetivo identificar características moleculares de doenças. Tem muitas aplicações, como o diagnóstico de doenças inflamatórias, infecciosas e neoplasias, sendo muito importante para determinação de fatores preditivos e prognósticos nos casos de câncer.
Genitoscopia (consultoria